Viver ou morrer
Tento com força remar Mas em vão, pois sei Que o mar... é maior Do que minhas forças... Do que minha vontade... Penso em vão não pensar... não temer Mas temo que possa me afogar Pois as águas são profundas E nadar... eu não sei... Nadar até a praia? E me salvar?
Ou me deixar flutuar?
No destino... no obscuro! Não... não posso Pois... nadar... nadar eu não sei... Então é para a morte me lançar? Sem tentar? Tentar apreender rápido a nadar E nesta águas profundas não me afogar!
FÁTIMA RESENDE!

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages