3 dicas simples para proteger sua rede Wi-Fi de hackers


3 dicas simples para proteger sua rede Wi-Fi de hackers





Se você pensou que bastava uma senha complexa para proteger sua rede sem fio, saiba que seus dados podem estar em risco nesse momento. Hackers com um conhecimento técnico maior sobre redes Wi-Fi conseguem capturar desde endereços de e-mail até a senha do seu cartão de crédito, de forma relativamente simples.

Isso não significa que o seu roteador Wi-Fi precisa ser desligado, existem alguns segredinhos que os hackers de redes wireless não querem que você saiba. Com base em artigo publicado na About Tech, elencamos algumas dicas nas quais vale a pena ficar de olho.
Atualize o seu protocolo de segurança
A rede sem fio funciona da seguinte maneira: os protocolos de segurança são responsáveis por criptografar as informações de uma forma que, mesmo capturadas, elas não possam ser compreendidas pelo invasor. Esses dados codificados navegam entre o computador e o roteador. O objetivo é impedir que um usuário que não pertença a nenhum destes dois pontos possa entender o que foi transmitido.
Existem dois protocolos de segurança, o WEP, lançado em 1997 – que é completamente ineficiente, mas ainda está presente entre os internautas –, e o WPA2, versão atualizada do WPA – Wi-Fi Protected Access. Caso seja necessária uma atualização, basta visitar o site do fabricante do aparelho sem fio para obter instruções.
Não confie apenas no filtro MAC para evitar que dispositivos não autorizados acessem sua rede
Ao pesquisarmos sobre o filtro MAC no Google, encontramos vários resultados sobre limitação de acesso à internet ou relacionados à proteção de dados. Porém, há um segredo: é possível criar um endereço MAC falso que corresponda a um que já foi aprovado.
Quando criamos uma rede doméstica ou comercial, uma das formas de protegê-la é limitar o acesso baseado no endereço MAC, que nada mais é do que o endereço de controle de acesso da placa de rede, composto por 12 dígitos hexadecimais. De acordo com o TecMundo, “apenas computadores com o endereço autorizado poderão acessar a rede. O roteador não distribuirá endereços de IP para dispositivos sem o MAC cadastrado no sistema”.
Contudo, hackers acharam um jeito de burlar o sistema. Basta um programa de captura de pacotes wireless para verificar o tráfego sem fio e identificar quais endereços MAC atravessam a rede. Os cybercriminosos podem, então, definir o endereço MAC para que ele corresponda a algum dos que você permitiu integrar a rede sem fio. Simples, não?
Desative o recurso de administração remota do roteador wireless
É possível administrar o seu roteador por uma conexão sem fio, os recursos permitidos englobam alteração de configurações de segurança e outros dados, como se o usuário estivesse conectado através de um cabo Ethernet.
Porém, se isso parece simples para você, imagine para invasores com anos de experiência em roubo de dados e senhas. Permitir a administração remota é mais uma porta de entrada no seu roteador. Além de desabilitá-la, procure sempre alterar as senhas do administrador e nunca deixe aquelas que vieram de fábrica.
Se surgirem dúvidas sobre o seu roteador e atualizações, entre em contato com o fabricante do aparelho para garantir a segurança do seu acesso Wi-Fi.

Via - Magicwebdesign




.
////////////////////////////////////////////////
Manutenção / formatação de computadores (PC, notebook, netbook, desktop), instalação, configuração de programas http://f2informatica.com
Criação, desenvolvimento de sites, tenha seu site: http://f2info.com.br


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages