Conversas Cruzadas - Debate sobre a terceirização do trabalho







 Neste primeiro de maio, Dia do Trabalho, o assunto do programa é um projeto que há vários anos tramita no Congresso. O que propõe a regulação do contrato de prestação de serviço à terceiros e as relações de trabalho recorrentes ou, então, simplesmente terceirização da mão de obra. Os defensores da mudança na lei, alegam que o mundo vive em verdadeira revolução da organização da produção e, por consequência, também profundas reformulações na reoganização do trabalho. Diante disso, seriam necessárias novas formas de contratação de trabalhadores para atender a nova empresa. A terceirização, segundo seus adeptos, é uma das técnicas de administração do trabalho que tem maior crescimento pela necessidade que a empresa moderna tem de concentrar-se em seu negócio principal e na melhoria da qualidade do produto ou da prestação de serviço. Por outro lado, os críticos da terceirização de serviços alegam que ela funciona como um mecanismo de diminuição de garantias e de direitos para boa parte dos empregados, que receberiam salários mais baixos e menos benefícios. Além disso, argumentam que a proposta diminui a disponibilidade de postos de empregos e, paralelamente, aumenta a rotatividade da mão de obra que seria prejudicial à classe trabalhadora. Então, para a argumentação em torno da terceirização do trabalho, propomos o Conversas Cruzadas de hoje neste primeiro de maio. Foram convidados o presidente regional da CUT Claudir Nespolo, o advogado trabalhista Paulo SOuto, o diretor da força sindical no estado Luis Carlos Barbosa e o advogado trabalhista e assessor jurídico da Fecomércio Flávio Obino Filho.

Postado em 1º de maio de 2014.

Endereço: Rua Capitão Camboim, (Em cima da Loja Lola's Modas/ Cacau Show), nº 170, sala 201 - Centro - Sapucaia do Sul - RS. 

Fone: (51) 3452 4281. 

Celular:
OI: (51) 98568 - 1838
Claro: (51) 99184-5181




Email: contato@veracatarina.com.br

   



Nenhum comentário:

Postar um comentário

Pages